Seguro: Messias Salvador II

by eduardofariacaetano

A saga de António José Seguro contra a destruição que foi desenvolvida pelo governo neo-liberal de Passos Coelho/Paulo Portas continua. O (des)governo liderado pelo antigo jota levou a cabo uma reforma administrativa que eliminou juntas de freguesia através de um processo de fusão que reduziu substancialmente o número destes organismos da administração local.

Mas descansem os portugueses. António José Seguro, que aspira a ser primeiro-ministro, já veio garantir que uma vez tomado o Palácio de São Bento por uma escolha maioritária e apoteótica dos portugueses, vai rever todo esses processo e revertê-lo.
Seguro é um adepto da Internet e das suas potencialidades (Isaura Martinho que o diga mais a sua rede de farmacêuticos). Mas assegura que é fundamental que as autarquias locais garantam a proximidade com os cidadãos.

Razão pela qual já garantiu a revisão da reforma administrativa do território.
Mais uma promessa que vai ao encontro das aspirações mais profundas do povo português e que demonstra a humanidade do líder socialista.

Seguro garante que não o move o populismo e a tentativa de inverter a seu proveito os resultados eleitorais. Fá-lo porque sempre pensou assim. Só não o disse mais cedo porque se auto-anulou….Compreendem?

Advertisements