Com quem se casa Seguro?

by eduardofariacaetano

A polémica das alianças pós-eleitorais instalou-se no debate do Partido Socialista. António Costa, realista, abre portas a entendimentos com o PSD desde que obviamente Passos Coelho não seja o seu líder. Seguro ou melhor os seus apoiantes, aproveitam para tentar colar Costa à direita.

É a estratégia conhecida de Seguro, que é amesquinhar o seu adversário e prometer o céu na terra….Os portugueses estão de facto interessados em saber com quem é que Seguro fará alianças caso líder do PS obtenha uma vitoria relativa nas legislativas sendo assim necessária uma aliança….

É que na onda de mentira em que anda enredado com todas as promessas que tem feito (e que se fosse para cumprir teria de cunhar moeda e em grande quantidade), com as vigarices com que pactua apoiando a expulsão de militantes que ousaram denunciar ilegalidades eleitorais no seio das federações partidárias, se calhar até nos dirá que as alianças que encetará são com o PCP e o BE (em extinção).

O problema é que não só o povo o conhece e sabe que andou três anos de mãos dadas com Passos como também conhece o PCP e o BE ….Mas estamos sempre curiosos em ouvir pela boca do próprio (embora desconfio que é melhor esperarmos sentados) com quem é que Seguro se iria aliar caso (hipótese completamente estapafúrdio porque para isso precisaria de ganhar eleições o que equivaleria a mais um milagre e ainda era canonizado) vencesse as eleições mas sem maioria absoluta. Vale uma aposta em como ele nunca o dirá?

Já agora valia a pena que explicasse como ultrapassaria a anunciada recusa por parte do partido da foice e do martelo e do Bloco em fazer entendimentos com o PS. Por último convinha que este esclarecimento fosse prestado antes da realização de eleições antecipadas…

Advertisements